Totvs – 728 x 90

ABAD participa do painel “150 dias da reforma trabalhista” promovido pela UNECS

Evento com o balanço da reforma contou com a participação do ministro do TST, Ives Gandra Filho, e do deputado federal Rogério Marinho

0 73

O presidente da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD), Emerson Destro, participou na quinta-feira, 3, do painel sobre o balanço dos 150 dias da aprovação da reforma trabalhista, apresentado pelo ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Ives Gandra Filho, e pelo deputado federal e relator da reforma Rogério Marinho (PSDB-RN), no WTC, em São Paulo.

O evento foi promovido pela União Nacional das Entidades de Comércio e Serviços (UNECS), da qual a ABAD faz parte, e reuniu cerca de 300 pessoas, entre empresários, executivos, e advogados, de diversas regiões do país.

Segundo os palestrantes, entre os principais avanços da reforma trabalhista nos últimos 150 estão: contratos de trabalho a tempo parcial e intermitente, redução do número de processos trabalhistas, queda dos custos das empresas com a justiça do trabalho e a geração de novas vagas de emprego .

“A reforma trabalhista foi mais que uma mudança na lei, foi uma mudança de cultura. Trouxe modernidade para o Brasil”, destacou Gandra em sua apresentação.

Marinho ressaltou no painel a importância da aplicabilidade das novas leis da reforma trabalhista na prática para alcançar melhorias. “Precisamos de uma maturação da reforma. A prática é que irá nos ajudar a aprimorar ainda mais a nova legislação do trabalho no País.”

Marinho também falou da importância dos empresários do setor de comércio e serviços no avanço do Brasil e dos incentivos da reforma trabalhista no processo de geração de empregos, e na melhoria do empreendedorismo no Brasil.

Também participaram do evento, o ex-ministro do trabalho, e atual deputado federal, Ronaldo Nogueira (PTB-RS), que destacou no evento o longo período que o Brasil precisou esperar para modernizar as leis trabalhistas, e o deputado federal e presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio, Serviços e Empreendedorismo, Efraim Filho (DEM-PB), que falou do painel como um marco histórico, ressaltando também, a força dos palestrantes na aprovação da reforma trabalhista.

“A luta foi plural, uma conquista de muitos, mas a força do Rogério Marinho faz parte do alicerce dessa conquista. E se o Ives Gandra nãoestivesse no TST essa reforma não sairia, foi a pessoa certa no lugar certo.”

O painel foi intermediado pelo presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL) e da UNECS, Paulo Solmucci.

Homenagem
O ministro Ives Gandra e os deputados Rogério Marinho e Ronaldo Nogueira foram homenageados pela UNECS no início do painel com uma placa simbólica de agradecimento pelo trabalho e contribuição na aprovação da reforma trabalhista.

Lançamento
Após o painel aconteceu o lançamento do livro “Modernização das Leis Trabalhistas: o Brasil pronto para o futuro”, de autoria do deputado Rogério Marinho, que autografou a publicação no local.

Reunião
O presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), João Sanzovo Neto, e os presidentes das entidades que compõem a UNECS participaram de reunião ontem (3/5), no WTC, em São Paulo.
Na oportunidade foram reforçadas as demandas da entidade para 2018, com destaque para a redução do spread bancário e a implementação da reforma trabalhista no País. A reunião contou com a presença do ex-ministro do Trabalho, e atual deputado federal, Ronaldo Nogueira.  Da ABRAS também participou o diretor de Relações Institucionais, Alexandre Seabra.

UNECS
Criada em 2014, a Unecs é formada por oito das maiores instituições brasileiras representativas da área do comércio e serviços: Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), Associação Brasileira de Automação para o Comércio (AFRAC), Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (ANAMACO), Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (ALSHOP),Confederação Nacional de Dirigentes e Lojistas (CNDL) e Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB). A Unecs é responsável por 15% do PIB brasileiro; 65% das operações de crédito e débito no país, e pela geração de 22 milhões de empregos diretos.

Com informação da Assessoria de Comunicação da ABRAS

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.