Palestra esclarece dúvidas e benefícios da entrada das Microcervejarias no “Supersimples”

0 42

Na próxima terça-feira, dia 8 de novembro, será realizado um bate-papo com o especialista em tributos, Gustavo Oliveira, contador e sócio proprietário da Cervejaria Mestre das Poções, às 20h, na sede da Cerveja Artesanal São Paulo, em São Paulo. O encontro irá reunir empresários para explicar a novidade para os microcervejeiros do País. A entrada do setor juntamente com destilarias, vinícolas e produtores de licor no Supersimples, um sistema que reúne impostos federais, estaduais, municipais, trabalhistas e previdenciários em uma só alíquota, simplificada, para micro e pequenas empresas, irá reduzir e muito os tributos para as microcervejarias artesanais. A palestra gratuita é aberta aos interessados no assunto, iniciantes no mundo cervejeiro e donos de cervejarias e afins.

O contador irá atualizar os interessados sobre o que muda com a liberação do “Simples” para este mercado que está em crescimento no Brasil. Entre os benefícios, o que mais se destaca é a possibilidade de pequenos empreendedores conseguirem tocar seu negócio sem estar na informalidade, o que ocorria devido às altas taxas tributárias. A estimativa é de que com o Simples haverá uma redução de 32% de carga tributária para o setor. Além disso, deve haver mais geração de empregos, queda nos preços das bebidas artesanais para os clientes e uma maior valorização dos produtos locais.

Outro destaque é a possibilidade de novos negócios surgirem já que ainda o mercado de bebidas está nas mãos de uma pequena minoria. De acordo com o sócio da microcervejaria  Landel, Samuel Mendonça de Farias, o País tem hoje 450 microcervejarias: “Aproximadamente 99% do mercado está nas mãos de apenas quatro gigantes do setor. Quem trabalha com o nicho de cerveja artesanal responde por 1% restante dos 14 bilhões de litros produzidos por ano no País”, contextualiza.

Mudança no Supersimples

O Projeto de Lei do PLC 125 foi sancionado pelo presidente Michel Temer no último dia 27 de outubro. A maioria das mudanças entrará em vigor apenas em 2018, porém o parcelamento incentivado e algumas mudanças já devem vigorar a partir de janeiro de 2017. Segundo Gustavo Oliveira, há bastante o que comemorar na revisão da lei devido ao olhar mais atento às necessidades dos empreendedores, principalmente para o mercado cervejeiro brasileiro com o enquadramento no supersimples.

Entre os benefícios para o empreendedor estão: a ampliação do prazo de parcelamento de débitos simples de 60 para 120 meses junto com a possibilidade de redução de multa e juros; o apoio e crédito de “Investidores Anjos” e a ESC – Empresa Simples de Crédito. Os “Investidores Anjos” é uma alusão ao modelo americano de Angel Capital e trata de pessoas físicas ou jurídicas que investirão recursos nas empresas para depois colher os frutos, mas sem precisar figurar no contrato social e podendo até serem Fundos de Investimentos de Mercado. Esse apoio beneficia principalmente as startups. Já a ESC irá promover as atividades com empréstimos, financiamentos e desconto de títulos.

Para o contador, com as mudanças entrando em vigor já a partir do próximo ano, haverá um incentivo para a economia nacional e o surgimento de novas microcervejarias: “O que reforça a tese de que o governo está empenhado em retomar o crescimento reconhecendo e incentivando um segmento estratégico para este momento que são as micro e pequenas empresas.”

No blog do especialista Gustavo de Oliveira e em seu canal do Youtube é possível obter mais informações sobre o assunto, com diversas dicas sobre como manter saudável a contabilidade de sua empresa e seus tributos: www.gustavooliveira.net. E como o mercado cervejeiro pode se beneficiar da nova lei do simples.

Bate-papo sobre a entrada das Microcervejarias no Supersimples
Local: Sede Bar Cerveja Artesanal São Paulo – Rua Paracuê, 141 (próximo ao metrô Vila Madalena)
Data: 8 de novembro, terça-feira
Horário do evento: 20h
Telefone:  (11) 9 7450-9825

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

IN THE ARTICLES