Totvs – 728 x 90

O poder está em nós

0 270

Não raro, os diversos segmentos da sociedade e seus grupos representativos subestimam seu próprio poder para impulsionar mudanças. A greve dos caminhoneiros desencadeada no fim de maio deu uma demonstração clara do quanto é possível alcançar quando um grupo organizado tem motivação, determinação e foco. Por vários dias, alguns milhares de caminhoneiros literalmente pararam o país. Em que pese o fato de que do outro lado da mesa de negociações estava um governo politicamente enfraquecido, o movimento destacou-se como notável exemplo de mobilização em prol de um objetivo comum.

Um exemplo a ser seguido, não em sua forma, obviamente, mas em seu princípio. Especialmente nos dias que correm, fica cada vez mais nítido que, se não nos mobilizarmos por causas coletivas e não fizermos uso do poder que a atuação conjunta nos confere, pouco podemos esperar daqueles que, supostamente em nome de muitos, tomam decisões que favorecem uns poucos.

A carga tributária é uma das questões mais relevantes. Se, por um lado, os tributos já são insuportáveis para os contribuintes, sufocando a atividade econômica, por outro lado têm se mostrado insuficiente para manter a pesada máquina governamental. Paradoxalmente, nosso governo, que está entre os que mais arrecadam no planeta, presta serviços de péssima qualidade e trabalha seguidamente com déficit. E essa conta vai, inevitavelmente, para toda a sociedade.

Por isso, é importante que o governo e os parlamentares tenham o desprendimento, a grandeza e a coragem para realizar as reformas estruturantes necessárias para nosso país. Deixemos claro aos nossos governantes e representantes que não é mais possível agir em nome deste ou daquele grupo: é preciso agir em nome do Brasil.

Buscando fazer a sua parte, a ABAD está promovendo um grande encontro com os integrantes da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio, Serviços e Empreendedorismo – FCSE, para atualizar e reforçar os pleitos legislativos do setor, contando com a presença da diretoria da entidade, dos líderes e coordenadores regionais e de presidentes e executivos de diversas filiadas. A maciça participação dos empresários é sempre essencial para mostrar nossa união e mobilização, que visa não apenas defender as empresas do setor, mas criar um ambiente de negócios melhor para toda a cadeia de abastecimento.

Em nossos encontros com empresários do setor atacadista distribuidor e parceiros da Indústria, também temos destacado com frequência a necessidade da união em torno de temas que afetam a produtividade e o desempenho do Canal Indireto. Assim, o  Comitê Canal Indireto ABAD iniciou em junho um novo e importante trabalho, por meio de encontros que terão como tema: “Indústria e Canal Indireto: Avaliando o Presente e Projetando o Futuro”. O objetivo é avaliar a situação atual do mercado, observar as tendências e definir novas ações capazes de preservar o equilíbrio saudável e ético entre as empresas que são referências do setor. As conclusões do Comitê serão apresentadas em primeira mão em abril de 2019, na CONVENÇÃO ABAD ATIBAIA.

Tanto junto à indústria como junto ao Legislativo, temos certeza de que, mais uma vez, a força do coletivo será capaz de produzir grandes resultados para o setor, para a cadeia de abastecimento e para o país. Vamos todos – sociedade, empresários e poder público – atuar juntos para um Brasil novo!

 

 

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.