TOTVS Depot chega ao mercado para levar gestão especialista em serviços de contêineres

Empresas que atuam como depósitos e oficinas em áreas portuárias ganham recursos para revolucionar a sua operação com mobilidade e informação em tempo real

0 143

O primeiro semestre de 2017 foi positivo para o setor portuário, que movimentou 245,5 milhões de toneladas em cargas, um aumento de 5% em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo a ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários). As empresas de depot, que integram essa cadeia, atuam como depósitos de contêineres vazios para armadores, prestando serviços de movimentação, armazenagem e reparo dessas unidades. Com o crescimento do volume de cargas movimentadas nos portos brasileiros, elas têm o desafio de melhorar o seu nível de gestão. Para ajudá-las a terem o controle total da sua operação, chega ao mercado o TOTVS Depot – solução especializada nesse modelo de negócios.

A ferramenta é completa, do controle de estoque, passando pela visibilidade dos contêineres, oficina, geração de ordens de serviço e rastreabilidade por coletores de dados, chegando ao faturamento, com atendimento à toda parte fiscal e às normas específicas da área. Os recursos disponíveis são diversos, entre eles, o planejamento de recebimento e expedição, com registro das programações de contêineres enviadas pelo armador, e o agendamento de operações.

O sistema permite ao depot visualizar o que cada cliente tem no seu pátio em tempo real. Isso ocorre porque toda movimentação e recebimento são registrados por coletores, via códigos de barras, com envio automático das informações para o software, o que garante informações seguras sobre o que ocorre no pátio. Além disso, com este tipo de tecnologia, passa a ser possível fazer qualquer tipo de endereçamento e organização dos contêineres, segregando por tipo ou por cliente, por exemplo.

A solução pode ser configurada com todos os serviços prestados pela empresa, já com os valores aplicados para cada um. Dessa forma, em uma única tela, o atendente consegue gerar as estimativas dos contratos e possíveis ordens de serviço, de forma rápida e automatizada –  recurso que traz mais agilidade, produtividade e menor incidência de erros. Com o processo totalmente sistematizado, obtém-se, inclusive, maior controle administrativo sobre o que é realizado diariamente. Na oficina, toda a operação ocorre pelas ordens de serviços geradas pelo sistema, que podem ser acessadas pela equipe tanto em um desktop, quanto em dispositivos móveis.

Cada ordem de serviço executada é enviada, automaticamente, para a rotina de faturamento, realizando o ciclo completo por meio de uma única solução, que já está preparada para atender às exigências fiscais e regras específicas do setor, como o registro de vistoria com base nos códigos CEDEX das normas ISO 9897:1997, que trata uma padronização mundial para produtos e serviços realizados em depots.

O TOTVS Depot também foi desenvolvido para proporcionar flexibilidade às empresas quanto ao layout do padrão do EDIFACT, outra regulamentação do setor sobre a disposição das informações nos arquivos enviadas aos armadores. Isto é, passa a ser possível montar o documento com outros campos ou necessidades que possam surgir, que o sistema valida as configurações para que estejam dentro das exigências.

“Olhamos para o segmento portuário e as suas diferentes especializações. A oferta TOTVS Depot vem para abrir um novo mercado e oferecer a essas empresas algo único, por meio de uma solução desenvolvida especialmente para a atender às necessidades da sua operação. Dessa forma, apoiamos o setor na profissionalização da gestão, com ganhos para toda a cadeia logística”, complementa Angela Gheller Telles, diretora de Manufatura e Logística da TOTVS.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

IN THE ARTICLES