A Revista de Negócios dos Atacadistas Distribuidores

Super Mix 2017 aquece economia pernambucana

515

Por Carlos Enrique, Assessor de Comunicação da Aspa

Com o tema “Servir bem para servir sempre”, a 12ª edição da Super Mix lançou o olhar para o otimismo, a inovação e a excelência no atendimento como meio de superar adversidades e de ir ao encontro de novas oportunidades de negócio. Realizada de 27 a 29 de setembro pela Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores (Aspa), em parceria com a Associação Pernambucana de Supermercados (Apes), a feira atraiu 18 mil visitantes para o pavilhão do Centro de Convenções de Pernambuco, na Região Metropolitana do Recife, após três anos sendo produzida na cidade de Caruaru, no interior do Estado.

Um público qualificado – formado em grande parte por empresários e profissionais do varejo e do mercado de food service – estreitou o contato com representantes da indústria, agentes de distribuição e provedores de serviços, ratificando a proposta do evento que é a de viabilizar o alinhamento estratégico entre diversas atividades econômicas para estimular o empreendedorismo local, a geração de novos negócios e o incremento da competitividade e da produtividade.

A Super Mix 2017 contou com 131 expositores, um aumento de 63 empresas no comparativo com o ano anterior, o que sinaliza acima de tudo para um reaquecimento da economia na região. “Recebemos todos os visitantes da feira com a mesma vibração e intensidade com a qual cultivamos o otimismo sobre o futuro do país, cujo cenário atual já aponta para um quadro de recuperação econômica relevante, para uma mudança favorável que em grande parte se deve à determinação, ousadia, habilidade e confiança da classe empresarial brasileira, especialmente no Nordeste”, diz o presidente da Aspa, José Luiz Torres.

Na feira de negócios – que teve patrocínio do Banco do Nordeste, Unilever, São Braz, Serasa Experian e Primor – o visitante encontrou espaços de divulgação, promoção e contato com parceiros comerciais, além de exposição de marcas e lançamento de produtos dos setores de alimentos e bebidas, higiene pessoal, limpeza doméstica, pet e do mercado de beleza, entre outros segmentos, e espaços para equipamentos e utensílios, tecnologia e serviços, como o de financiamentos especiais para pequenos e médios empresários. “Pelo sucesso desta edição, acreditamos que em 2018 teremos um incremento entre 20% e 30% no número de expositores”, estima Torres.

Entre as iniciativas inovadoras, a Super Mix introduziu neste ano ações de inclusão social e sustentabilidade ambiental, com destaque para a participação de cadeirantes e jovens com Síndrome de Down que atuaram no credenciamento e deram orientação aos visitantes na entrada e corredores do evento. Além disso, profissionais de Libras fizeram a tradução simultânea das palestras no auditório. A feira também contou com doações para o Banco de Alimentos do Sesc Pernambuco, que funciona em parceria com o Programa Mesa Brasil do Sesc Nacional. Foram arrecadados cerca de 2.500 kg de alimentos doados pelos expositores que aderiram à campanha.

A feira também abriu espaços para divulgação de ações focadas no cuidado com o meio ambiente, com apresentação de projetos de produção de energia solar e programas socioambientais como o “Mundo Limpo. Vida Melhor”, que coleta e recicla o óleo de cozinha utilizado em bares, restaurantes e domicílios. Outra novidade foi o espaço Wine Experience, onde convidados participaram de degustação de vinhos e espumantes produzidos por regiões vinícolas reconhecidas mundialmente. A sommelier Ana Paula Castro conduziu a experiência.

A Super Mix 2017 contou ainda com uma área exclusiva para rodada de negócios entre expositores e clientes e com o espaço Mercado Modelo, ambiente que reproduziu um minimercado com gôndolas e produtos para mostrar a importância da exposição dos itens, do atendimento, limpeza, sinalização, conservação, marketing, refrigeração, sortimento e gerenciamento de categorias, com um mix alinhado às necessidades do consumidor, além de apresentar avançadas tecnologias que podem ser incorporadas às lojas de bairro.

Um dos pontos fortes do evento, as palestras transferiram conhecimento aos profissionais e empresários. Mônica Leão, especialista em Neuromarketing, falou sobre a forte influência das emoções nas decisões de compra dos clientes nos PDVs. Francisco Carlos, gerente regional de Negócios da Máxima Sistemas, abordou o tema “Inovação como estratégia de sucesso”, destacando empresas multinacionais que tiveram que se reinventar no mercado. Já o diretor comercial da São Braz, Walber Santos, apresentou um case de sucesso da marca, destacando as ações de marketing e os processos de gestão, operacionais e logístico da empresa.

 

 

 

 

 

 

 

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.