Empresa cria primeira rede social voltada para varejistas, vendedores e marcas

3

Varejistas, vendedores e marcas já podem trocar ideias sobre negócios – e, de fato, efetuar negócios – em rede social exclusiva para este fim, chamada Luckro.

A Luckro surgiu em 2015 e foi uma das 10 startups selecionadas no programa UP Innovation Lab, da Accenture, de fomento de startups que apresenta 10 finalistas aos executivos das maiores empresas do Brasil.

Com um investimento de quase R$ 2 milhões, a Luckro conta com mais de 50 mil assinantes cadastrados. Todos varejistas, vendedores e empresas (marcas).

Como funciona

Ao se cadastrar, o usuário se classifica em um dos três grupos: varejista (independentemente do tamanho), vendedor (exclusivo ou não) ou marca. Em seguida, basta postar o que procura ou a promoção que está fazendo.

A rede permite os seguintes tipos de posts: “ache e compre”, “alertas comerciais”, “falta de produtos”, “execute e ganhe, “promoções e ofertas” e “pesquisas”.

Por exemplo, suponha-se que um varejista esteja precisando comprar polpa de frutas. Ele posta em “ache e compre” sua necessidade e aguarda respostas e ofertas. O post aparece na timeline dos vendedores cadastrados – e quem atender mais rápido ou oferecer a melhor oferta conquista o cliente.

A marca também pode contatar o varejista e até executar promoções de venda na loja dele. Basta combinarem online o acordo. A startup permite enviar foto comprovando a realização da ação.

Dessa maneira, a rede social conecta marcas, vendedores e varejos, visando sempre que os estabelecimentos aumentem faturamento e lucro. E todos saem ganhando: as marcas conhecem melhor seus consumidores, os vendedores ampliam sua capacidade de venda e os varejistas, sejam grandes ou pequenos, conseguem negociar melhor, aumentar seu poder de compra e conseguir preços mais atrativos. Informações do site Exame.com

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.