Faturamento do atacado distribuidor cresce 2,67% no 1º quadrimestre

O faturamento do atacado distribuidor acumula crescimento de 2,67% no primeiro quadrimestre de 2019 em comparação ao mesmo período do ano passado. A pesquisa mensal da ABAD (Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados), apurada pela FIA (Fundação Instituto de Administração) com um grupo representativo de empresas, revela que o setor, em termos nominais, tem sido capaz de manter o ritmo de recuperação, apesar do cenário econômico desafiador. Em relação ao mês de abril de 2018, o crescimento foi +5,15%. Já em comparação a março de 2019, houve recuo de -1,72%.

Destro
Emerson Destro, presidente da ABAD

“O desempenho da economia tem sido fraco até aqui. Há um conjunto de problemas no ar, que faz com que o empresário pense inúmeras vezes antes de investir. Parte dessas desconfianças vem das incertezas criadas no campo político e, mais precisamente, na capacidade do governo de aprovar a proposta da Nova Previdência no Congresso”, afirma o presidente da ABAD, Emerson Destro.

Em termos reais, o faturamento do setor apresentou alta de +0,20% em abril, na comparação com o mesmo mês de 2018. Em relação ao mês anterior (março de 2019), houve queda de -2,07%. No acumulado do ano, de janeiro a abril de 2019, o recuo foi de -1,56%.  “O equilíbrio das contas públicas daria mais tranquilidade aos investidores e empresários. Por isso, é tão importante apoiar a Nova Previdência. Sem investimentos e com a indústria com grande capacidade ociosa, veremos o país patinar. O Brasil precisa deslanchar e criar um ambiente favorável ao crescimento”, conclui Emerson.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.