Saiba quais são as cinco categorias com maior ruptura no varejo

2

A ausência de produtos na gôndola pode trazer dor de cabeça ao comerciante na hora de contabilizar os ganhos do mês. Dados de julho e agosto apontam a ruptura de cinco categorias e destacam o feijão como alimento que mais faltou nas prateleiras do varejo em todo o País.

Segundo o diretor de relacionamento com o varejo e indústria da NeoGrid, Robson Munhoz, os varejistas estão com dificuldade de encontrar o produto e renovar os estoques devido ao problema das safras, que foram prejudicadas pelo clima.
“ É natural que frente a fatores como crise e desemprego, o consumidor mude alguns hábitos e acabe deixando de comprar a quantidade que comprava antes, ou mesmo deixando de comprar esse item. Dessa forma, diante da instabilidade econômica e dos altos preços, o varejo fica mais cauteloso ao comprar o produto, com receio de que não haja consumo – e ele acaba faltando nas prateleiras”, explica ele.
Confira abaixo a tabela de ruptura nos meses de julho e agosto de 2016:

JULHO 2016

Setor
Categoria
Área
Ruptura

Alimentos
LEITE ASSÉPTICO LONGA VIDA
Total Brasil
16,88%

Alimentos
FEIJÃO
Total Brasil
16,63%

Alimentos
DOCE DE LEITE
Total Brasil
13,74%

Alimentos
SORVETES
Total Brasil
13,74%

Alimentos
MARGARINAS
Total Brasil
13,50%

AGOSTO 2016

Setor
Categoria
Área
Ruptura

Alimentos
FEIJÃO
Total Brasil
15,24%

Alimentos
DOCE DE LEITE
Total Brasil
14,68%

Alimentos
PIPOCAS DOCES
Total Brasil
14,64%

Alimentos
LEITE ASSÉPTICO LONGA VIDA
Total Brasil
14,39%

Alimentos
SORVETES
Total Brasil
14,24%

Fonte dos dados: NeoGrid/Nielsen

Os dados analisados são calculados pela solução NeoGrid Supply Chain Benchmark Powered by Nielsen, que traz o conceito OSA (On Shelf Availability), indicador que reúne informações homologadas de mais de 10 mil lojas de varejos do Brasil e que mede, diariamente, a disponibilidade de produtos na gôndola, a venda estimada por produto, por loja e por dia, as causas das faltas desses itens e como corrigi-las.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.